Header Ads

Com atleta de Toledo, conjunto brasileiro conquista três medalhas no Pré-Pan

O conjunto brasileiro de ginástica Rítmica encerrou o Campeonato Pan-Americano de GR, no domingo, 30 em Lima, no Peru, com uma medalha de ouro e duas de bronze. A equipe conquistou o ouro no conjunto de cinco arcos, com a sua melhor nota da história, e duas medalhas de bronze, sendo uma no conjunto de três bolas e duas cordas, e outra no geral, que inclui a somatória das notas dos dois conjuntos. No arco, as atletas já tinham se destacado no primeiro dia com a nota de 19.800 pontos e se superaram na última apresentação, totalizando 20.950 pontos.

No conjunto de arcos, o México terminou em segundo lugar (19.150) e o Canadá, em terceiro (18.350). Já no de bolas e arco, as atletas brasileiras atingiram 16.500 e levaram a medalha de bronze. O México conquistou o ouro (18.150) e os EUA, a prata (18.100). A ginasta Karine Walter, da Sadia de Toledo, integra a seleção brasileira de conjunto e competiu no conjunto misto de bolas e cordas. Com os resultados, a seleção brasileira de conjunto garantiu vaga para os Jogos Pan-Americanos de 2019, também no Peru. Concluída esta competição, as atletas terão um período de descanso e depois retornam para Aracaju para a montagem das novas séries visando a preparação para o Pan e outras disputas que serão realizadas ao longo do ano.
Conjunto brasileiro e treinadoras

Karine Walter, que está retornando a Toledo para um período de descanso, disse que sua experiência na seleção brasileira de ginástica está sendo muito diferente de tudo o que já viveu na ginástica. Ela participou do conjunto misto de bola e corda. “O conjunto é um desafio porque foi o primeiro ano que fiz conjunto. Até então eu só fazia individual e estou amando. Particularmente me senti mais tranquila para competir. Acho que a pressão é dividida entre todas ao saber que você não vai entrar sozinha em quadra. Saber que tem mais quatro meninas querendo alcançar o mesmo objetivo que você me tranquilizou um pouco”, disse ela.

“E uma responsabilidade muito grande, mas é muito gratificante poder representar o Brasil ao lado de meninas tão talentosas”, completou ela, destacando que existe uma união muito forte entre as ginastas, uma dando força para a outra. “É como se fosse uma segunda família competindo. O essencial para um conjunto dar certo é a união de todas”, acrescentou.

A ginasta, juntamente com as demais colegas que fazem parte da seleção brasileira, tem um período de folga. Ainda neste mês, no entanto, elas voltam a se reunir em Aracaju, onde iniciam a montagem das séries para as competições do próximo ano.

 Em Toledo, Karine vai intercalar o período de descanso com alguns ensaios. A ginasta vai ter uma participação especial no espetáculo Alforria, que será realizado no sábado, 6 de outubro, no Teatro Municipal de Toledo, às 19h30min. Os ingressos já estão à venda, sendo R$ 20,00 (inteira) e R$ 10 (meia). Eles podem ser adquiridos no ginásio de esportes do Sesi, Centro de Treinamento da equipe de rendimento da Sadia, ou com atletas da equipe.

Eliane Torres - Assessoria da Associação Toledana de GR/Foto: Divulgação

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.