Header Ads

Alef Manga deixa o FC Cascavel para jogar em Portugal

Não tem como não notar a força, a rapidez e a explosão dele em campo. O atacante chegou ao FC Cascavel em novembro de 2017, já integrando a lista das promessas do clube. E cumpriu muito bem esse papel. Alef Bandeira Severino, o Alef Manga, de 23 anos, se destacou na atuação durante o Campeonato Paranaense 2018, sendo decisivo em muitos resultados. Alguns jogos, especialmente, estão guardados na memória. “Me senti muito bem no jogo contra o Atlético Paranaense, que eu entrei no segundo tempo e joguei bem. E contra o Londrina, que eu pude fazer um gol, sofri um pênalti e conseguimos a vitória. Infelizmente não nos classificamos, mas Deus sabe o que faz e coisas melhoras virão. Vou ficar torcendo, acompanhando esse clube maravilhoso onde gostei tanto de trabalhar”.

Alef fala em tom de despedida porque está passando por um salto internacional. O bom desempenho no time cascavelense chamou a atenção de um clube de Portugal. “A negociação começou há uns dois meses mais ou menos. Perguntaram sobre nosso centroavante, e nós começamos a conversar”, conta o gerente geral do FC Cascavel, Sebastião Marques. “E essa negociação se finalizou quando fomos pra São Paulo. A Oliveirense de Portugal pertence ao grupo do Deco – ex-jogador do Barcelona –, então fomos até a empresa do Deco, aqui no Brasil, e aí fizemos a negociação. O Alef foi emprestado com uma meritocracia. Ele precisa atingir uma pontuação em gols para poder ser vendido para a Europa. Assim que ele atingir a pontuação, aí sim o clube fica com a porcentagem da venda dele”, complementa o gerente.

Essa é a segunda negociação do time cascavelense em dez dias, sendo o primeiro negócio internacional da Serpente. Valdinei Silva, presidente do clube, comenta que, com o fortalecimento da base, o time espera fechar mais negócios como esses. “A diretoria do FC Cascavel está realizando o que foi planejado, ou seja, organizar um clube-empresa, bem administrado profissionalmente, proporcionando bem-estar e lazer para a comunidade e gerando retorno aos investidores”, comenta o presidente. Valdinei ainda relembra que os valores da negociação não podem ser divulgados por conta de cláusulas contratuais com o clube português.

Assessoria FC Cascavel/Foto: Divulgação FC Cascavel

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.