Header Ads

Maringá tira invencibilidade do Foz no estadual

Maringá FC enfrentou na noite desta quarta-feira (09) a equipe do Foz do Iguaçu, no Estádio Regional Willie Davids, em Maringá. O confronto foi válido pela segunda rodada da Taça Caio Júnior do Campeonato Paranaense. As duas equipes dividiam a liderança no grupo A uma vitória deixaria qualquer uma das equipes em situação boa para uma classificação. O Tricolor fez valer o mando de campo e vence o Foz do Iguaçu por 2 a 0, os gols foram marcados por Bruno Batata em dois pênaltis.

Agora as equipes voltam a campo já neste domingo (11), o Maringá FC joga fora de casa contra a equipe do Cianorte, às 16h, no Estádio Albino Turbay, em Cianorte. Já o Foz do Iguaçu vai a Curitiba, enfrentar a equipe do Coritiba, às 17h, no Estádio Couto Pereira.

Partida equilibrada na primeira etapa

Jogando em casa, o Maringá começou a partida tomando mais a iniciativa no ataque. A primeira chegada ao ataque do MFC foi aos 4 minutos, Thiago fez boa jogada e finalizou para o gol, o chute não saiu tão forte e foi para fora. A equipe alvinegra chegava com mais frequência ao ataque, o Azulão da Fronteira esperava para armar o contra-ataque. O Maringá quase abriu o placar aos 10 minutos, após cruzamento na área, Júlio César espalmou a bola que acabou nos pés de Fabricio, o meio-campista tentou encobrir o goleiro, mas a bola foi para fora.

O Foz do Iguaçu teve sua primeira boa oportunidade aos 13 minutos, após boa jogada, André Oliveira teve a chance de finalizar para o gol sem goleiro, mas preferiu tocar para Raphael Alemão, porém defesa do Maringá afastou a bola antes de chegar no atacante do Azulão. O Foz do Iguaçu voltou a chegar com perigo aos 24 minutos, o lateral Paulinho fez boa jogada e cruzou para Raphael Alemão, o atacante do Azulão da Fronteira não conseguiu finalizar com qualidade.

A equipe do Maringá continuava indo mais vezes ao ataque e pressionava o Foz do Iguaçu, o Azulão da Fronteira se defendia bem e buscava encaixar um bom contra-ataque. Os donos da casa ficaram perto da inaugurar o placar, após boa jogada, Lucão finalizou para o gol, mas o zagueiro Leandro Silva tirou em cima da linha, salvando a equipe do Foz do Iguaçu. Apesar de chegar do Maringá FC chegar mais vezes ao ataque, partida foi equilibrada na primeira etapa.

Com dois pênaltis, Maringá FC garante a vitória

O Maringá voltou para a segunda etapa pressionando o Foz do Iguaçu, e com 5 minutos, desperdiçou duas grandes chances de abrir o placar. O Tricolor chegava ao ataque, mas não conseguia finalizar com qualidade para fazer o primeiro gol. Aos 13 minutos, outro bom lance, a bola ficou com Bruno Batata, que finalizou para fora do gol. Os donos da casa continuavam pressionando no início da segunda etapa.

A insistência do Maringá deu resultado, aos 22 minutos, Paulinho Moccelin fez boa jogada e foi derrubado dentro da área, o árbitro da partida deu pênalti, na cobrança Bruno Batata mandou para o fundo das redes, sem chances para o goleiro Júlio César. O Foz do Iguaçu quase empatou aos 25 minutos, após falta cobrada por Luiz Beltrame, a defesa do Maringá afastou e quase mandou contra o próprio gol.

Mesmo após o gol, os donos da casa estavam mais perto de ampliar o placar. Os donos da casa conseguiram ampliar o placar aos 35 minutos, em um lance polêmico, João Pedro finalizou e a bola bateu na mão de Maycon Canário, o árbitro do primeiro momento não deu o pênalti, mas o assistente assinalou e o árbitro validou o pênalti, na cobrança, Bruno Batata ampliou pro Maringá FC. Depois da cobrança o goleiro Júlio César foi expulso, como o Foz do Iguaçu tinha feito as três substituições, André Oliveira foi para o gol. O Maringá só administrou a partida.

Redação em Campo - Foto: Foz do Iguaçu FC

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.