Header Ads

Cascavel estréia nesta quinta (17) na Liga Nacional de Handebol

Quis o destino que o primeiro jogo da equipe de handebol feminino de Cascavel na Liga Nacional da modalidade fosse um grande clássico paranaense. As meninas do técnico Neudi Zenatti enfrentam Maringá nesta quinta-feira (17), às 20 horas, pela primeira rodada da competição nacional.

O jogo tem um gostinho de revanche para as meninas cascavelenses. No início deste mês, Cascavel e Maringá se enfrentaram pelo Campeonato Paranaense de handebol Adulto, na etapa de Campo Mourão, e as representantes da Cidade-Canção quebraram a invencibilidade de Cascavel com a vitória por 27 a 24. Este resultado colocou Maringá na liderança do Estadual com oito pontos. A equipe de Neudi Zenatti, que liderava o torneio até então, caiu para o segundo lugar. Mas os dois times devem fazer a grande final do Campeonato Paranaense. “É o grande clássico do handebol paranaense. A gente vem de uma derrota para elas e o primeiro jogo pela Liga Nacional será complicado. São as duas equipes que estão se intercalando nos resultados em termos de Estado e agora vamos ver como vai ser esse confronto pela competição nacional”, disse Neudi, que transferiu o favoritismo da partida para as adversárias de hoje. “Maringá é o favorito para a vitória porque vem numa consistência de jogo melhor que a nossa”, disse.

Para quebrar este favoritismo, Neudi Zenatti aposta na força do ginásio da Neva, palco do primeiro jogo na Liga Nacional. “Nós temos que ganhar em casa, contar com o apoio da torcida e fazer valer o fator casa”, disse ele.

Nova casa

Neudi Zenatti trouxe mais quatro atletas para a disputa da Liga Nacional: a pivô Juliana Vicente, a goleira Fabíula Santos e as armadoras Cássia Santos e Fabiane Santos. Elas não integravam a equipe quando Cascavel disputou a primeira etapa do Estadual, em Cascavel. Porém, as quatro jogadoras já atuaram nos confrontos da segunda etapa do Paranaense em Campo Mourão. Agora, no confronto contra Maringá pela Liga Nacional, as quatro atletas vão fazer o primeiro jogo na ‘nova casa’, o ginásio da Neva. E por se tratar de um grande clássico gera uma expectativa muito maior, como contou Fabiane. “É uma estreia e toda a estreia tem aquele nervosismo. Mas acho que a equipe está bem fechada. Toda estreia tira todo o nervosismo da competição. E a gente pega logo Maringá, que o grande adversário em termos de estadual”, disse ela. Apesar do sotaque carioca, Fabiane já se sentiu em casa em Cascavel.

Sequência

Começar a Liga Nacional com vitória vai dar tranquilidade para os próximos jogos da equipe de Cascavel. Já na semana que vem, o time embarca para São Paulo para fazer dois jogos como visitante. No dia 24 de agosto, o duelo será contra a Unip, de São Bernardo do Campo. E depois, no dia 26, enfrenta o Guarulhos.

A Liga Nacional terá a presença de oito equipes. Nesta primeira fase, os times se enfrentam entre si em turno único. Cascavel vai fazer três partidas em casa e quatro como visitante na competição. Os quatro primeiros colocados da fase zonal avançam para a próxima etapa da Liga Nacional.

Luciano Neves/Foto: Luciano Neves - GP

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.